Top 5 da semana: “Não se deprima”

Sabe aqueles dias em que você acha que tudo vai dar errado e seu pensamento mais positivo é “como eu queria ir para Niterói hoje, seria um bom momento para me tacar da ponte”? Pois é. Calma, amiga dona de casa. Jurei que ia produzir uma coletânea de canções anti-depressão e a prova de dias ruins, mas aí me dei conta de que ouvia as mesmas músicas E que este blog estava tão abandonado que merecia um post picareta com vídeos de YouTube e comentários. Não me recriminem, eu sei que isso é feio. Mas vocês não querem umas musiquinhas anti-corta-pulsos? Pensem pelo lado da utilidade pública.

E sim, eu começo minhas listas pelo último lugar.

5. Tiê, “Pra alegrar o meu dia”

Não sei vocês, mas eu gosto de vaquinhas e essa música me dá uma ligeira vontade de fazer umas danças desengonçadas. É um primeiro passo. E o título é tão óbvio para a nossa finalidade aqui que chega a me comover.

4. Mayer Hawthorne, “Your easy lovin’ ain’t pleasin’ nothing”

Tem dancinhas, tem piscina, tem maiô engana-mamãe. Tem o Mayer Hawthorne. Automaticamente me transporto para um filme da Sessão da Tarde onde as pessoas são felizes, andam de bicicleta, têm bochechas rosadas e cookies no forno.

3. Feist, “1234″ versão Vila Sésamo

Nessa eu apelei. Eu sei. É que Vila Sésamo faz feliz.

2. Pete Yorn & Scarlett Johansson, “Relator”

A essa altura eu já estou achando que vivo num episódio bom de “Glee” (é, eles existiram um dia) e tenho vontade de sair dançando e rodando pela rua tal qual um peru num terreiro.

1. Eliza Doolittle, “Pack it up”

Recorde pessoal num dia ruim: 4 vezes seguidas no repeat. Isto tem poderes sobre a alma da pessoa que sofre, senhores.  E o mar azul do clipe? E a letra? O puro suco da auto-ajuda musical. Vejamos:

“I get tired, and upset, and i’m trying to care a little less
And on Google I only get sad and depressed, I was taught to hide those issues, I was told:
Don’t worry, there’s no doubt, there’s always something to cry about
When you’re stuck in an angry crowd they don’t think what they say before they open their mouth, you gotta

Pack up your troubles in your old kit bag and bury them beneath the sea
I don’t care what the people may say, what the people may say about me”

Temos uma campeã. Bom dia para você também.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>