Leitura mulherzinha

“- Existem duas espécies de pessoas neste mundo. As que acreditam. E as que duvidam.
Ele se volta para me olhar, como se estivesse tentando descobrir a qual delas eu pertenço. Eu diria que estou entre as que duvidam. Com toda a certeza, uma descrente. O conde balança a cabeça como se entendesse, apesar de eu não ter dito nada.
– Eu sou dos que acreditam – diz ele. – O poder transformador da arte é a única religião que professo.
(…)
– Nem todos podemos ser artistas – digo.
– Não – ele responde. – Não, não podemos. E para aqueles de nós que acreditam, isso pode ser muito doloroso.”

“Lulu vê Deus e duvida”, Danielle Ganek.

PS: Eu sou do tipo que acredita.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *