Descapitalizada nos States, mas comprando – parte I

Viajar já estoura qualquer orçamento. Quando ele é apertado então, nem se fala. Fui para Nova York com o mantra “não vou gastar muito” na cabeça, mas é impossível (até pela quantidade de pechinchas encontradas). Taí a fatura do meu cartão de crédito e minha conta bancária que não me deixam mentir.

Mas ainda assim uma vida de semi-glamour é possível. Munida de disposição e pouco dinheiro, bati perna por Nova York e tentei garimpar o que havia de bom, bonito e barato. Acho que consegui. Espero que essas dicas ajudem você, amiga dona de casa, a tomar coragem e comprar suas passagens divididas em 12 vezes no cartão (outro, não o que você vai levar pra viagem).

* Roupas e acessórios

O vestido mais caro que comprei custou exatos US$ 19 na Zara, já em Chicago. Em Nova York você só gasta muito se quiser. Sim, dei sorte e peguei liquidações de 4 de Julho, mas a maioria das coisas que comprei normalmente já teriam esses preços em outras ocasiões.

- Macy’s. Oito acessórios por US$ 35. Brincos, colares e anéis.  O mais caro custou US$ 10, o mais barato saiu a US$ 3.  Não se intimide com o tananho da loja e fuce as prateleiras de cacarequinhos. Dica:  marcas famosas de jeans sempre estão em oferta. Vi short boyfriend Calvin Klein a US$ 24 e calça Levi’s a US$ 29,90. Obviamente nada que coubesse na minha bunda imensa tamanho 42, mas se você vestir 38 é molezinha encontrar.  Macy’s:  51 West 34th Street.

- Uniqlo. A loja de origem japa (atenção aos tamanhos nas etiquetas, o padrão de várias roupas é japonês) tem ofertas diárias. Bom, pelo menos quando lá estive. Saldo: dois vestidos a US$ 15,50 cada e outro vestido por US$ 14,90 (que custava US$ 29 antes, vale ressaltar). Uniqlo: 546 Broadway

- Buffalo Exchange. Pesquisando no site da New Yorker achei o Buffalo Exchange, brechó bacaninha no Brooklyn. Vale MUITO a ida. Embaixo, um brechó mais brecholento ainda. Não se engane, o Buffalo é na portinha do lado, subindo uma escadinha. Organizadíssimo: araras com roupas divididas por tipo – saias, vestidos, casacos… Saldo do dia: um vestido a US$ 10, uma camisetinha a US$ 5 e uma camiseta para o namorado a US$ 8. Buffalo Exchange: 504 Driggs Avenue, Brooklyn.

- Beacon’s Closet. Famosérrimo, não tem como não ir. Mas fica a dica: é longe pra caceta. A pé, no sol, é quase um oásis no meio do deserto. Andar do metrô até lá é meio complicado. Achar táxi no Brooklyn também. Mas vale a ida. É imenso. Só a parte dos vestidos tem o tamanho praticamente de um quitinete. Estava sem paciência para experimentar muita roupa, então comprei um vestido a US$ 10 e uma saia balonê (pois é) a US$ 11.

- Fred Flare. O mais importante sobre a Fred Flare é que ela fica na Meserole Avenue, e não na Meserole Street. Não cometa o mesmo erro que eu cometi, sim? A loja, que BOMBA na internets, é pequenininha. As roupas, sinto informar, são caras. Mas se você ama cacarecos, se jogue. As vendedoras são simpaticíssimas. E dali é pertinho encontrar o metrô. Comprei uma bolsa-carteira Hello Kitty a US$ 28 (tá, foi um luxinho dispensável, mas amo bolsas de Hello Kitty), um Domo a US$ 12 pro namorado, uma camiseta a US$ 9,90 pro namorado, uma camiseta a US$ 5 pra mim e mais uns cacarequinhos que não passaram de US$ 3 (lencinhos com cheiro de cupcake, uma mini-matrioshka, uma caixinha de balas com a inscrição “We met on Facebook”).  É pertinho do metrô e Brooklyn é fundamental, assim como Gottardo *piadainterna*, mas se você estiver com preguiça compre online e mande entregar onde você estiver hospedada, a loja virtual é tão bem fornida quanto a física.

Fico devendo as fotos das aquisições e a parte 2 das dicas. Gente, é pobrinho mas é de coração, tá? É que as amicas me pediram tanto as minhas impressões de jovem descapitalizada que me sinto na obrigação de prestar contas para a sociedade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>