Mais um da série ‘diálogos que eu queria ter presenciado’

Que eu tenho fixação por diálogos todo mundo sabe – aliás, taí o que eu realmente queria fazer da vida. Daria um dedo – tá, exagero, daria os vestidos do meu armário – pra ter sido uma das roteiristas de “House” ou “Gilmore girls”, melhores diálogos EVAH na minha mais que humilde opinião.

Daí fui dar uma olhada no Raios Triplos , dos amigos Calazans, Eusébio e Silvio e vi um que eu queria MUITO ter ouvido:

Na Rua Humaitá.
Ele: Você tem cachorro?
Ela: Não, graças a Deus.
Ele: Graças a Deus.
Ela: Só um papagaio, quatro periquitos e um canário.
Ele: E não suja muito não?
Ela: Não, pode limpar a gaiola dia sim, dia não. Mas se não der comida, o papagaio fica doido e começa a repetir: “Mãe? Chegou, mãe? Mãe!”

Humaitá, né, Calaza anda de ônibus fino. Os meus são a freakoland mermo.